Financiamento de carro no Itaú: Como conseguir? Simulação e muito mais!

      Comments Off on Financiamento de carro no Itaú: Como conseguir? Simulação e muito mais!

Contratar o financiamento de carro no Itaú é bem fácil: você escolhe o seu veículo [marca, modelo, ano, tipo de combustível, acessórios], vai até o banco e negocia o empréstimo. Assim, o banco paga o seu carro e você parcelar a compra.


Esse conceito também vale para quem quer apenas trocar de carro, lembrando que o Itaú tem vários planos e parcelas para cada tipo de cliente, considerando que as parcelas de simular financiamento vem caber no seu bolso.

Mas, ainda assim, se você estiver inseguro com a economia do país e com o medo de perder o emprego, pode contar com o seguro do Itaú, que protege o seu financiamento de carro em caso de imprevistos.

Fizemos um guia prático para você entender como contratar rapidamente o seu financiamento de carro no Itaú.


financiamento de veiculos itau

Lembrando que o Itaú também tem o programa Troca Certa, onde você deixa o seu carro como pagamento da última parcela e dá entrada para um carro novo.

Leia cada um dos tópicos e aprenda a solicitar esse empréstimo.

A escolha do veículo que será financiado


O Itaú recomenda que você use a página do iCarros para escolher o seu veículo.

Lembrando que também é possível ver anúncios, visitar leilões, ir a revendas e concessionárias.

Essa é uma compra importante na sua vida, portanto, merece atenção e cuidado.

No caso de optar pela compra de carros usados, o banco Itaú tem dicas como:

  • Analisar o estado do carro durante o dia e com iluminação natural,
  • Verificar a lataria e portas para saber se estão alinhadas,
  • Nunca faça pagamentos antecipados sem antes ver a procedência do carro,
  • Desconfie de valores muito altos ou muito baixos,
  • Ligue para os telefones dos anúncios para comprovar endereços,
  • Saiba que montadoras não podem vender carros em ofertas mais baratas,
  • Sempre peça os documentos originais do carro e confira nos órgãos competentes.

Além de tudo isso, para conseguir fazer um financiamento de carro no Itaú de forma assertiva, verifique também os comprovantes de pagamento do imposto sobre veículos (IPVA), o seguro obrigatório (DPVAT) e o certificado de registro (CRLV).

A simulação do seu financiamento de carro no Itaú

Se você sabe qual carro vai comprar, agora precisa saber as condições financeiras.

Essa parte deve ser feita junto ao seu banco preferido, no caso o Itaú.

Você pode simular a compra para saber as reais condições, incluindo o valor de entrada, o número de parcelas e as taxas de juros.

Se você já possui uma conta corrente no Itaú, pode fazer a pré-contratação no site oficial do banco ou com em uma agência bancária.

Também é possível fazer essa compra em revendas e concessionárias autorizadas e cadastradas no banco.

Agora, para quem ainda não tem conta no Itaú, a dica é ir até a concessionária portando a CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Todas as informações podem ser encontradas também nos telefones específicos para financiamento, sendo: 4002 0234 para capitais e 0800 729 0234 para as demais regiões.

Após a simulação, você pode solicitar o financiamento de carro.

A resposta é rápida e chega em instantes, baseando-se no seu crédito pré-aprovado.

Se a solicitação for aceita, você vai receber o CET (Custo Efetivo Total).

Leia o CET

O Custo Efetivo Total é um documento que é divulgado de forma obrigatória em todo tipo de contratação de crédito, como o financiamento de carro ou imóveis.

Nele é preciso constar as condições do contrato, especialmente sobre as taxas de juros que estão sendo cobradas no mês e ao ano.

O ideal é que todo consumidor leia esse documento.

A documentação do carro

Depois de escolher o carro e ver as condições do financiamento, é preciso saber sobre a documentação do carro.

O CRV (Certificado de Registro do Veículo) tem que ser emitido no Detran de cada estado em um prazo de 30 dias a partir da efetivação do contrato.

Se o prazo for superior a isso, o Detran pode bloquear o licenciamento anual do veículo.

Alteração do financiamento

Você também pode alterar seu financiamento em caso de problemas financeiros ou de qualquer outro tipo.

Essa alteração funciona de forma simples, sendo que você pode transferir o financiamento para outra pessoa.

Essa transferência é feita em um contrato, podendo ser de pessoa física, pessoa jurídica, leasing, entre outros.

Também é possível trocar de veículo, substituindo o seu atual por outro.

Além da alteração, também dá para quitar o financiamento antecipadamente.

O seguro do financiamento

O seguro dá vantagens para os casos de roubos, furtos ou perda total do carro.

Em caso de sinistro de veículo, ou seja, quando o carro é roubado ou sofrer danos, você pode quitar a dívida do contrato ou substituí-lo por outro veículo.

Funciona assim: ao contratar o financiamento, você pode optar pelo seguro que vai cobrir o saldo devedor nos casos de morte ou invalidez.

O seguro também tem a vantagem de pagar até 4 parcelas da sua dívida em casos de desemprego involuntária se você tiver carteira assinada ou incapacidade profissional.

Dependendo do valor do financiamento do carro no Itaú, o valor do seguro é baixo, levando em conta que o custo é diluído nas parcelas de todos os financiamentos.

Ah, e quem contrata o seguro de veículos do Itaú concorre a sorteios semanais de 25 mil reais.

Por fim, a vantagem do seguro é que você tem assistência 24 horas para veículos, que contam com chaveiro, guincho, borracheiro, entre outros.

Como financiar carro no Itaú pelo telefone

Você pode contratar o seu financiamento de carro no Itaú pelo internet banking, de onde também é possível acompanhar todo o processo, contrato, boletos, facilidades.

Mas, todas as informações podem ser encontradas também nos telefones específicos para financiamento, sendo: 4002 0234 para capitais e 0800 729 0234 para as demais regiões.

Também é possível ligar no SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor), pelo número 0800 728 0728 – esse é o número para todas as regiões do país.

Para deficientes, o número é: 4004 1999 para capitais e 0800 721 1999 para outras regiões.

Já para quem quiser falar na ouvidoria, basta discar 0800 570 0011 ou 0800 722 1722.

Com informações do Itaú