5 curiosidades sobre Laura Müller

Simpática e competente, a sexóloga Laura Müller faz parte do programa Altas Horas, da Rede Globo, há onze anos.

Respondendo perguntas de jovens espectadores e de celebridades, ela se tornou uma das figuras mais carismáticas e relevantes da atração comandada por Serginho Groisman. M

as você sabia que ela é juiz-forana? Acredito que sim, mas hoje você vai descobrir outras cinco curiosidades sobre essa personalidade nascida em Juiz de Fora.

Atleta

Laura Müller já teve algumas outras carreiras antes de ser reconhecida como a sexóloga mais famosa do país. A mais curiosa delas é a de jogadora de vôlei, que teve início em Minas Gerais na categoria infanto-juvenil. O ápice da vida esportiva de Müller ocorreu em São Paulo, quando ela fez parte da Seleção Paulista de Vôlei.

Força no jornalismo impresso

No entanto, a empreitada como jogadora não durou muito, e Laura se tornou jornalista. Com uma atuação bem forte nos veículos impressos, a sexóloga já escreveu para Folha de São Paulo, Revista Capricho, Folha da Tarde, Marie Claire, Playboy e Cláudia. Na revista Cláudia, por sinal, atuou como editora de sexo e comportamento. Por conta disso começou a estudar mais assuntos relacionados à sexualidade.

Escritora

Os livros representam um caminho natural para as pessoas famosas. Especialmente para aquelas que possuem credibilidade, como Laura Müller. A sexóloga já escreveu seis livros: “500 Perguntas sobre Sexo”; “500 Perguntas sobre Sexo Adolescente”; “Altos Papos sobre Sexo”; “Educação Sexual em 8 Lições”; “Meu Amigo Quer Saber…Tudo Sobre Sexo”; “Sexo Para Adultos”.

Palestrante de respeito (e cachê alto)

De acordo com o portal TV Foco, Laura Müller recebe, aproximadamente, 60 mil reais para dar uma palestra. A linguagem simples e divertida da sexóloga, além do apelo midiático, têm sido muito valorizadas pelos contrantes e pelos ouvintes. Logo, o cachê alto acaba se justificando.

Inbox cheio 

Momento bizarro! Laura Müller revelou em algumas entrevistas que costumava receber vários questionamentos sobre problemas em órgãos genitais nas mensagens inbox de suas redes sociais. Mas o pior não é isso. Cantadas, nudes e vídeos pornográficos também eram enviados com frequência para os perfis de Müller. A sexóloga optou por bloquear o inbox após algumas dessas mensagens.